RSS

Arquivo da tag: Midías Sociais

Mídias Sociais nas Empresas. Usar ou não usar, eis a questão?

Este foi o tema de minha palestra, no dia 27 de março, no Instituto Infnet, no Rio de Janeiro, para a turma de formandos do Curso de MBA de Marketing Digital.

Por uma hora, falei o que achava, dei dicas, para alunos/profissionais com o intuito de aumentar o uso das Mídias Sociais dentro das organizações. Sabemos que o processo é lento, mas acreditar é fundamental. Perder o medo mais ainda. Já tinha falado isto em outra palestra no ano passado para empresários na Rio Info 2011.

O problema todo de usar ou não usar, além das questões de segurança, o pacote tem embutido uma série de medos como: a informação confidencial rolando dentro da empresa sem controle, perda de produtividade, todo mundo falando com todo mundo sem intermediários e assim vai a listinha aumentando sem que a organização decida definitivamente se usará ou não. E toque a enrolar com pesquisa. Quando fica tudo pronto, a tecnologia já está velha e o ciclo começa novamente.

Isto tudo foi explicado e debatido dentro da aula da professora Graça Taguti, que está ensinando aos alunos a melhor maneira de se implantar um blog corporativo. Eu inseri um monte de dicas do blogueiro e Diretor de Marketing e Comunicação da IBM, Mauro Segura, algumas dicas minhas, e ainda da doutora Carolina Terra.

Muitos alertas, como a modificação do perfil do cliente, da nova comunicação que surgiu por causa das mídias sociais e muito mais. Acabou a era do cliente de rádio, TV, jornal etc. Agora o cliente sabe o que quer e corre atrás e confia muito mais no que o amigo diz na Internet do que nas declarações das empresas.

Um mundo diferente, um portal que tem que ser atravessado e lá do outro lado é que o trabalho começa. Como disse o professor e doutor, Carlos Nepomuceno.

Foi muito legal saber do interesse dos alunos nesta questão, perguntas surgiram, foram respondidas e dicas dadas. Acho que contribui bastante para uma turma. O meu recado final é: volta para a empresa em que você trabalhe e mostre que A+B pode dar certo. Um bom planejamento estratégico,mesmo tendo suas alterações no meio do caminho (normal), uma excelente Política de Uso, já é um passo grande para que as empresas entendam a importância das novas tecnologias e que é preciso haver mais investimento do que o esperado.

Veja toda a palestra na página da Plano B Consultoria no Slideshare

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Cursos e Palestras da Plano B! Conheça nosso Folder!

Imagem

Quer saber mais sobre a Plano B Consultoria Empresarial? Nós temos um site. Visite-o e conheça quem somos; nossa metodologia; nosso diferencial e muito mais: http://www.planobconsultoriaempresarial.com

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

A Revolução das Mídias Sociais 2011

Assista o vídeo “A Revolução das Mídias 2011”.  Conheça os mais novos números.

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Renda-se! As mídias sociais vieram para ficar

Abra o olho, pois estamos passando por mudanças rápidas e os cenários estão a cada dia se apresentando de uma forma completamente diferente. Esta mudança nada mais é do que uma característica de nossa sociedade atual.

Se você é gestor e está sentando na cadeira, atolado de metas e não consegue enxergar que as mídias sociais vieram para ficar e ajudar tanto a sua equipe quanto a empresa, está na hora de parar absolutamente tudo e rever todos os seus conceitos. O líder de hoje enfrenta um ambiente cada vez mais competitivo e deve estar preparado para qualquer adversidade. Se não consegue aprender lendo, existem milhares de outros meios para ficar atento, saber das novidades e levar as rápidas mudanças para a empresa e sua equipe com o objetivo de engajar, construir fidelidade com os clientes e alcançar as metas estabelecidas.

Saiba caro leitor, que existem milhares de gestores em grandes empresas que desconhecem esta excelente ferramenta de gestão. Pior, não sabem a diferença entre mídias sociais e rede social. Não se espante! Apesar de estarmos em pleno século XXI e a Internet e a Geração Y estar dominando o mercado de trabalho, muitos líderes ainda vivem na Idade da Pedra, para desespero desta garotada, que domina o quadro de empregados das empresas.

Saiba ainda que há gestor que prefere envolver quase toda a sua equipe em um projeto, com o objetivo de escrevê-lo em um Prêmio, sem se dar conta de que o mundo lá fora está ultrapassando a velocidade da luz.

Conclusão que leva a uma simples equação: gestor e equipe desinformados + empresa sem aumentar a sua performance + baixa criatividade + usando velhas ferramentas de gestão = desastre total no mercado. Esta empresa não consegue reter talento, não avança e nem se destaca no mercado, os empregados ficam cegos para as milhares de novidades que aparecem a cada segundo na web 2.0.

Uma pena! O sorriso e a felicidade por vencer um prêmio, fica registrado para sempre em uma fotografia e vai servir apenas ser inserido em um currículo. Se estiver desinformado com relação às novidades, de nada adiantara o prêmio recebido.

Conheço gestor que não se dá conta da popularidade e da importância das mídias sociais, que se espalha como rastilho de pólvora. Claro que as mídias dentro de uma organização geram uma nova realidade, mas já passou o momento deste gestor se informar e saber que sua equipe precisa participar de palestras, navegar e estudar  tudo o que puder para levar novidades às reuniões e sugerir implantações que, certamente, serão vitais para o sucesso de todos, sem exceção.  Com toda certeza haverá aumento de desempenho, execução de alta qualidade e mais, a empresa poderá estar forte e competitiva globalmente. Não é exagero!

O problema é que as mídias sociais assustam, causam pânico, mas nada que um bom planejamento consiga resolver. Fica aqui a dica para líderes e funcionários de qualquer geração, X ou Y: aproveitem para conhecer melhor o que o mercado está apresentando, conheça as empresas que já desvendaram este “bicho papão”. Estamos em um momento de oportunidade única para engajar, fazer do funcionário um cocriador. Com a implantação das mídias ,acabou a era dos funcionários serviçais, aqueles que cumprimentam e recebem ordens. Estamos passando por momento de compartilhar informações para crescer e vencer.

Mas se você é ainda aquele gestor que não se rendeu, não escuta a sua equipe, está envolvido em vários planejamentos estratégicos, preocupado em fazer reuniões semanais, pensando em prêmios, sem saber das novidades que são apresentadas a cada segundo em palestras, congressos, redes sociais, aí vai uma outra e simples equação:

Gestor desinformado + equipe alienada = não há colaboração, inovação, competitividade e baixo resultado.

O que fazer? Sinceramente tanto você quanto a sua equipe devem ser substituídos mais rápidos do que a velocidade da web 2.0.

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Concurso cultural “Estilo Casting Creme Gloss” de L’Oréal Paris

A parceria Programa Avesso e o blog da Plano B Consultoria, apresenta em primeira mão para seus leitores os bastidores do concurso cultural “Estilo Casting Creme Gloss” de L’Oréal Paris.

Abaixo, reproduzimos o release, encaminhado pelo programa.

*********************************************************

O Avesso mostra os bastidores da promoção que revelou que o estilo e a cor dos cabelos brilham juntos

Nesta semana, o Programa Avesso acompanha o dia de Mariana Oliveira, de 22 anos, ganhadora da promoção cultural “Estilo Casting Creme Gloss, de L’Oréal Paris”, O programa exibe as duas fases do dia de beleza e estilo de Mariana: no Shopping Fashion Mall e em um salão de beleza

Na primeira fase, Mariana, natural de Anápolis – GO foi às compras num dos shoppings mais sofisticados do Rio de Janeiro, acompanhada do consultor de moda Antônio Araújo. Lá, ela pode desfrutar de seu prêmio de R$ 5.000,00 em compras, que renovaram seu visual e valorizaram ainda mais seu estilo.

Na segunda fase, Mariana recebeu um tratamento completo de beleza: primeiro, ganhou uma cor ultra brilhante nos cabelos com a nuance Mel Dourado de Casting Creme Gloss, a melhor para combinar com o estilo da vencedora. Depois, ela recebeu ainda cuidados como hidratação, corte, escova, manicure, pedicure, reflexologia, design de sobrancelha e maquiagem. “A grande premiação é uma repaginada total no visual, com a coloração Casting Creme Gloss, corte, manicure e maquiagem. Enfim, tudo para que ela tivesse um verdadeiro dia de beleza”, diz Lilian Louzada, Gerente de Grupo Coloração L’Oréal.

A promoção “Estilo Casting Creme Gloss” teve suporte online da agência Publicidade Interativa, que há 5 anos trabalha com a L’Oréal nesse tipo de ação, e aconteceu exclusivamente no meio online através do hotsite www.castingcremegloss.com.br/promocaoestilo. Para concorrer ao prêmio, as participantes respondiam a um quiz online sobre seu estilo de ser e de se vestir. No final, o quiz era complementado com a informação sobre a cor do seu cabelo. Logo em seguida, elas respondiam à pergunta cultural: “Como seus cabelos podem fazer seu estilo brilhar ainda mais?”

Mariana foi escolhida pela atriz Alinne Moraes, porta-voz da marca, a grande vencedora entre as quase 10 mil participantes da promoção com a seguinte frase: “Meus cabelos podem mudar meu humor, minha maneira de ver o mundo, a maneira como eu me sinto sobre mim mesma e consequentemente como as pessoas me vêem. Quando estou de cabelos novos me sinto uma super mulher, capaz de seduzir e conquistar, porque brilhar faz totalmente meu estilo.”

Lilian contou ao Avesso que a promoção faz parte da estratégia da marca de se aproximar de seus consumidores e ressaltou que o meio online facilita essa aproximação. “A grande diferença do meio online é poder falar ao mesmo tempo com varias pessoas e dar uma oportunidade igual a todos. Apostamos nisso e desenvolvemos a estratégia de divulgação toda na internet. O investimento em mídia foi exclusivamente em sites de conteúdo, como Caras, Bolsa de Mulher, Terra, UOL e MSN, além de sites de rádio online e links patrocinados”, contou Lilian.

Bianca Pi, Diretora de Marketing de L’Oréal Paris, acredita que essa aposta foi um dos motivos para o sucesso da promoção “Hoje, as consumidoras estão buscando a interação com a marca, e o meio digital faz com que a gente consiga alcançar este objetivo”.

Ainda segundo Bianca, a atriz e porta-voz da marca Alinne Moraes também é uma figura importante neste processo de aproximação: “A Alinne corresponde a tudo que a consumidora de Casting de Creme Gloss tem. Ela é jovem, independente, tem o cabelo maravilhoso. Por esses e outros motivos, nós a escolhemos para representar a marca”.

O dia de Mariana foi ainda registrado com uma sessão de fotos, para que ela pudesse compartilhar com as amigas o melhor do seu estilo.

Assista agora os bastidores e o resultado desta ação cultural:

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

Chat com Mark Zuckerberg, John Battelle e Tim O’Reilly

No dia 17 de dezembro o homem do ano, escolhido pela Revista Time, Mark Zuckerberg, dono do Facebook; Tim O’Reilly, dono da O’Reilly Media, Inc. e John Battelle, dono da Federated Media Publishing, conversaram em um chat imperdível.

Intitulado: Web 2.0 Summit 2010: Mark Zuckerberg, “A Conversation with Mark Zuckerberg”, o vídeo tem 1h06min de um papo memorável com um tímido que falou bastante.

Veja:

 

Tags: , , , , , , ,

Infográfico: Onde as empresas erram nas mídias sociais?

O portal HSM é uma fonte inesgotável de informações para o profissional de comunicação, RH, TI, etc. .

(Abaixo o blog da Plano B reproduz uma matéria relevante para seus leitores e que saiu publicado no site do HSM, no dia 15/12/2010.)

Fonte: A pesquisa foi realizada em julho de 2010 e teve como respondentes os assinantes da revista e newsletter da Harvard Business magazine. Foi complementada com 12 entrevistas em profundidade.Acesse “More Than Talk: The Search for Impact and Analytics of Social Media Use” para conhecer ainda indicadores como a percepção x a profundidade de informação e os benefícios que aparentam ser ainda maiores nas redes sociais.

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Oito cidades brasileiras vão fazer parte de mais uma edição do Twestival

(reproduzo em meu blog matéria de Christina Lima para o site Nós da Comunicação, publicada no dia 19 de março de 2010, sobre o importante evento Twestival. A Plano B Consultoria apoia totalmente este evento).

Um evento no dia 25 de março envolvendo tuiteiros solidários em 175 cidades ao redor do mundo por uma causa nobre: trata-se do Twestival 2010, encontro que vai angariar fundos para a Concern Worldwide, instituição voltada para programas educacionais em países pobres. A ONG dedica-se principalmente à construção de escolas, capacitação de professores e compra de equipamentos escolares.

O Twestival reúne fora das mídias sociais voluntários para trocar ideias e arrecadar doações em dinheiro para ações do bem. No Brasil, país que está em segundo lugar em número de usuários do Twitter, o evento será realizado nas seguintes cidades: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Belém (PA), Campinas (SP), Dourados (MS) e Americana (SP).

Nos pontos de encontro haverá local para fazer contribuições, venda de camisetas e bazar de produtos doados, mas cada localidade possui um formato diferente.

Confira mais informações sobre a programação do Twestival nas cidades brasileiras participantes:

Rio de Janeiro

São Paulo

Curitiba

– Florianópolis

– Belém

– Campinas

– Dourados

– Americana

Participe!

 

Tags: , , , ,

É segredo

Se é um segredo, não conte a ninguém!

Quem disse que segredo não é a alma do negócio. Segredo é aquilo que deve ser mantido em sigilo, não pode ser revelado de forma alguma. Foi mantendo um grande segredo que a Unidos da Tijuca venceu o desfile das escolas de samba do grupo especial do Rio de Janeiro. Um Segredo que valeu ouro e que hoje tem o gosto da vitória.

Nós, como profissionais de comunicação, devemos aprender uma lição importante com o carnavalesco Paulo Barros, um ex-comissário de bordo, que durante 14 anos voou nos céus do Brasil. Trocou de profissão para ser hoje o ex-aprendiz de Joãozinho Trinta. Ele não esqueceu o que estudou: criatividade e segredo era a alma de todo o seu talento e negócio, levado para sua equipe que trabalhou para o belo e inusitado desfile da Unidos da Tijuca.

Pare, pense e reflita: escola de samba é uma empresa como outra qualquer. Mesma estrutura, organização, organograma. Nela encontramos Presidente, Diretores, funcionários, financeiro, comunicação interna, assessoria de comunicação, advogados, terceirizados, marketing, RH, etc. Funciona da mesma forma: faz planejamentos estratégicos, reuniões, trabalho de integração e diretores de harmonia trabalham até a dispersão quando o desfile finalmente chega a Apoteose.

Eu escutei anos atrás, quando entrevistei Joãozinho Trinta, que se uma empresa trabalhasse da forma como uma escola de samba, não haveria tantos conflitos internos. “É tudo igual a uma empresa. Temos que ser organizados da mesma forma, planejar minuciosamente o que fazemos determinar metas e cronogramas, caso contrário o bolo desanda e a concorrência nos vence. Vocês podem aplicar tudo o que nós fazemos na escola de samba. Lá há integração, há harmonia, motivação, não há conflito. Se não houver integração, se não trabalharmos com alegria e metas, não conseguimos colocar a escola para desfilar e este não é o nosso objetivo”, diz Joãozinho Trinta.

Como uma empresa, uma escola de samba não tem nada de diferente. Eles têm uma meta que é vencer a concorrência e qual é a empresa que não deseja o mesmo? E para vencer, o que é necessário? Segredo. Foi mantendo segredo absoluto que a Unidos da Tijuca venceu a concorrência, deixando para trás grandes competidores e mais ainda, o povo na arquibancada e o mundo inteiro de boca aberta com a sua inovação, ousadia, criatividade e originalidade. A começar pela a Comissão de Frente, uma das mais originais de todos os tempos do carnaval carioca. O que continha ali: nada demais. Apenas segredo e uma equipe que acreditava no seu potencial e na sua inovação.

E não ficou por aí. Um carro com mais de cinco mil plantas verdadeiras, uma rampa com vários Batmans voando e Homens Aranhas escalando carros alegóricos. Fogo artificial que mais parecia verdadeiro em um carro que reproduzia a Biblioteca de Alexandria, que foi destruída em um incêndio, levando para sempre milhares de livros e segredos de nossa história.

A Unidos da Tijuca mostrou o que toda empresa deve ter: garra, motivação. Além disso, acreditar no trabalho em equipe e em um sonho, pois somente desta forma, conseguiriam conquistar, após 73 anos, a tão esperada  vitória. Hoje a escola e todos os seus “funcionários” sentem orgulho e carregam o título na alma e no coração de ser uma das grandes escolas do Rio de Janeiro. Uma equipe que trabalhou duro, em uma única meta e teve apenas 80 minutos para mostrar o esforço de um ano de uma comunidade/empresa.

Ser revolucionário e aceitar ideias também faz parte da diferença. Sabe como a Unidos da Tijuca criou o seu enredo? Depois que Paulo Barros, recebeu uma mensagem via Orkut, de Vinícius Ferraz, um rapaz de apenas 15 anos, que ama Carnaval. O adolescente teve a ousadia de encaminhar uma mensagem para o carnavalesco, que quase nunca abre suas mensagens. A ideia estava ali. Um enredo que falasse sobre todos os segredos da História da Humanidade. Uma única mensagem via rede social que mudou para sempre a história da Unidos da Tijuca. Paulo Barros acreditou e sabe o que ele fez? Manteve Segredo para Vinícius. Simples: um adolescente poderia ficar empolgado em saber que sua ideia foi aceita e sair espalhando para os amigos via rede social. Vinícius soube 12 dias antes do desfile. E saiba, Paulo Barros correu um risco tremendo com esta revelação, mas acreditou que o segredo seria mantido. Tudo correu bem e a vitória chegou com várias e várias notas 10 para esta empresa tão unida.

A mídia social, muitas vezes usada e até mesmo desacreditada pelas empresas e por profissionais de comunicação foi um meio para criação de um enredo que levou a escola a tão sonhada conquista. Se muitos gestores acreditassem e trocassem ideias com seus funcionários, a tal troca de conhecimento, poderiam estar vencendo a concorrência, assim como o carnavalesco conseguiu.

Fica aqui a lição para gestores e líderes de pequenas, médias e grandes empresas. Se uma escola de samba, que trabalha o ano inteiro como uma empresa, com integração e harmonia para alcançar suas metas, porque uma empresa não pode fazer o mesmo?

 

Tags: , , , , ,

Um bom ano para a comunicação

Fazer previsões e análises nunca foi o meu forte, mas posso dizer com muita clareza em meus muitos anos de experiência em comunicação e principalmente, comunicação interna, que o ano de 2009 foi muito bom para esta área.

Ao receber a revista Comunicação 360˚, da Casa do Cliente, com o tema principal “A Arte da Comunicação”, fiquei feliz em ler algumas matérias e saber que ainda não sei tudo, que tenho muito que aprender, a ler, muito que estudar. Tive uma certeza imensa da evolução da comunicação interna, externa, das mídias sociais e posso assinar qualquer documento afirmando que 2010 será bem promissor para esta área.

2009 apresentou um crescimento acelerado, como se alguém estivesse dentro de uma Ferrari a mais de 300 km/h. A comunicação a cada dia divulga novidades e nós não podemos parar de estudá-la e aceitar as suas inovações. As empresas que adotaram as mídias sociais, que descobriram seus benefícios, que escutaram seus funcionários no ano que terminou, foram as que mais cresceram.

Em muitos encontros, palestras, matérias, congressos foram discutidos a importância da valorização, das mídias sociais, mas muito pouco ainda é feito para que tudo isto seja aplicado. É fato e temos que encarar a realidade. Mas como disse Beth Saad, professora titular da ECA-USP, em seu artigo “Momento de Mudar”, publicada na última edição da revista da Casa do Cliente: “Antes de agir, vale a pena refletir”. Sim. Concordo plenamente. Desta forma, uso esta frase para dizer: aplicando-a podemos evitar qualquer tipo de erros em uma área tão séria.

Conheço muitas empresas que mandam seus gerentes para estes congressos e eles apresentam maravilhas feitas dentro das organizações em que trabalham. No fundo, escondem muito bem debaixo do tapete a poeira para que seus funcionários nunca passem o dedo e deixem o risco no tampo da mesa e descubram a realidade que está acontecendo dentro da organização. Uma pena, porque comunicação é uma arte, um trabalho sério e esta área deve ser encarada com seriedade pelas empresas. Os líderes devem tê-la como peça chave e ainda, como aliada nos momentos de planejamento estratégico.

Enquanto as organizações não escutarem seus funcionários, estimulá-los e motivá-los, enquanto não acabar com os conflitos de gerações que há dentro das empresas, muitas vezes existente entre as Gerações X e Y e, se não houver gente mais capacitada para ocupar os cargos e fazer realmente o que é necessário, a comunicação não fluirá de forma organizada e rápida. Continuará sendo apenas um mero trabalho de comunicar para os funcionários. E, as mídias sociais estão aí, dando um banho e podem ajudar a melhorar todo este processo.

Saibam que é uma questão cultural. Vai demorar um pouco para que as mídias sociais sejam totalmente liberadas e aceitas dentro das organizações. Com a adoção das mídias muitos já estão trabalhando com a comunicação multidirecional e é preciso entender perfeitamente como ela funciona. Com sua aplicação podemos ver definitivamente o fim da comunicação unidirecional, aquela antiga forma e muito existente, onde o líder pede ao diretor/gerente de comunicação para divulgar comunicados para os funcionários.

Por este motivo acho que vai demorar um pouco para que a Geração X – ocupante até este momento de muitas cadeiras de liderança -, aceitem estas mídias sociais como meio de informação e divulgação. Bem, está aí à causa do porque destas ferramentas até agora não terem sido adotadas. Existe também um fator primordial e de relevância: à perda do poder, do controle da organização. Espero somente, que eles saibam que ninguém detém o poder da informação…

Quando enxergarem que estas ferramentas melhoram o fluxo da comunicação, a qualidade dos produtos e serviços, o atendimento ao cliente, a troca de informação e ideias com os funcionários, estes líderes conseguirão testemunhar uma grande mudança.

Vale lembrar que as mídias sociais para algumas empresas não é ferramenta primordial. Deve ser feita uma profunda análise antes de sua adoção. Mas, uma vez aplicada entrarão com tudo nas organizações e, possivelmente, alguns conflitos poderão ser solucionados.

Minha previsão é esta. Aberturas de blogs em algumas empresas como já existem – mas com consciência senhores gerentes, pois terão que aprender a lidar com comentários na maioria das vezes negativos e responder às reclamações, como foi muito bem dito por Mauro Segura, Diretor de Comunicação e Marketing da IBM Brasil, no Ciclo Comunicar e corroborado por Liliane Ferrari, na matéria “Comunicação sem Limites”, publicada na última edição da revista da Casa do Cliente e por mim. Blog é um cabal aberto e a empresa tem que estar disposta a aceitá-la. Vamos ter mais ferramentas, mas facilidades, novas mídias, tudo para melhorar e acelerar a comunicação.

Conhecimento deve ser compartilhado e se for ninguém vai segurar a comunicação. A maioria das empresas ainda utiliza lupa, mas basta apenas que elas comprem um par de óculos, com pouquíssimo grau, para melhorar a visão.

Bem vindo 2010!

PS: Como sempre digo para meus amigos: são previsões de uma simples comunicóloga e não de uma taróloga.

 

Tags: , , , , ,