RSS

Arquivo da categoria: rapidez da informação

Em São Paulo um Mega Congresso onde Comunicação é TUDO

      Comunicação é tudo, diz o Presidente da Aberje, Paulo Nassar em seu livro. Então, se você é profissional da área vá correndo fazer sua inscrição para o MegaBrasil Congresso de Comunicação Corporativa 2012, pois este é o lugar ideal para você comparecer no final de maio.
      São Paulo vai sediar mais uma vez, o maior Congresso de Comunicação Corporativa da América Latina e entre os dias 29 a 31 de maio, os corredores e salas do Centro de Convenções Rebouças estarão apinhados de profissionais sedentos para saber quais são as novidades que atualmente circulam no mercado de comunicação corporativa. Saiba, não são poucas!
      Um evento de altíssima qualidade que é impossível perder e, quando a gente não vai, ficamos grudados no Twitter, Facebook e em todas as outras mídias sociais querendo saber o que está rolando por lá.
      Mais de 15 mil profissionais já participaram deste Congresso e este ano tem uma novidade: uma versão 4 em 1. Quer dizer, será o 15º Congresso Brasileiro de Comunicação Corporativa, o 13º Congresso Brasileiro de Serviço Público, mais o 3º Congresso Brasileiro de Comunicação Digital e o 1º Congresso de Marketing de Comunicação Corporativa. Já parou para pensar quanta novidade e quanto os profissionais de comunicação poderão aprender e trocar informações?
      Serão milhares de cases sendo discutidos, debatidos com Paulo Nassar, Marcos Jank, Presidente da ÚNICA; Fernando Neves, Diretor da Ketchum Digital; Luiz Antonio Flecha de Lima, Presidente da Flecha de Lima Relações Institucionais, empresa associada ao Grupo CDN; Paulo Pereira, Diretor de Comunicação da Bayer; Silvio Celestino, parceiro da RP1 Comunicação na área de treinamentos da agência e sócio-fundador da Alliance Coaching; Flávia Sekles, diretora de Comunicação Externa da Embraer, e Rosana Aguiar, Diretora de Gestão da Marca e Comunicação da Embraer; Renata Saraiva, Diretora Geral da Ogilvy Public Relations Brasil; Marco Piquini, Diretor de Comunicação Iveco América Latina; Angélica Consiglio, Sócia – Diretora da Planin Comunicação Empresarial; Luciano Suassuna, Diretor de Jornalismo do Portal IG; Kika Agostini, Diretora de Mídia e BI do Grupo TV1; Selma Santa Cruz, VP de Planejamento do Grupo TV1; e Nelson Marangoni, Diretor Presidente da MC 15; Milla Mathias, Advogada e Consultora de imagem e estilo pessoal; Sergio Kobayashi, jornalista, ex presidente da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e ex Secretário de Comunicação da Prefeitura da Cidade de São Paulo etc.
     Esta é uma pequena amostra dos palestrantes do primeiro dia do Congresso. A lista é maravilhosa e pode ser conferida no site do Congresso: http://www.megabrasil.com.br/congresso2012/Default.aspx Além dos palestrantes brasileiros o Congresso 4 em 1 terá palestrantes internacionais imperdíveis.
     Uma coisa é certa, este ano a Plano B Consultoria não vai perder este evento e estamos muito felizes por isto.  Integramos pela primeira vez a a equipe de cobertura comandada por Vany Laubé, Sócia-diretora da +Mosaico. Vamos estar no Twitter, Facebook e outros lugares divulgando as novidades do mundo da comunicação.
    Se não der para ir, fique de olho nas redes sociais. De qualquer modo esta equipe de cobertura vai trabalhar muito para divulgar o melhor do MegaBrasil Congresso de Comunicação Corporativa 2012.
    Até lá!
 

Tags: , , , , , , , , ,

Desperte o interesse de seus alunos

Professores, que tal uma palestra interessante para seus alunos? A Plano B pode ajudar a despertá-los para vários assuntos.

A Plano B está disponibilizando para Universidades cursos e palestras em duas áreas: Comunicação/Marketing/Publicidadde e Relações Internacionais. Você professor, vai traçar limites para o aprendizado de seus alunos? Entre em contato com a Plano B Consultoria.

Entre em contato.

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Cursos e palestras para empresas

A Plano B Consultoria está preparada para ajudar sua empresa com cursos e palestras. Entre e contato! Consulte nossos temas no site: http://www.planobconsultoriaempresarial.com

 

 

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Comece 2012 mudando você!

Se você achou o ano de 2011 foi desafiador na área de comunicação, não sabe realmente o que te espera para 2012!

O ano de 2012 já entrou nos deixando na alma a plena certeza de que tudo que aprendemos em 2011 vimos ou lemos será amplificado até dezembro. E, não temos a menor ideia onde isto tudo irá parar!
Terminamos 2011 sabendo que este novo ano que acaba de nascer, teremos que ser muito mais inovadores, mais criativos, mais empreendedores, mais comunicativos, mais competitivos, mais mutáveis, mais, mais, mais…

Aprender mais é a palavra de ordem se você quiser continuar no mercado e visível nas redes sociais. Compartilhar conhecimento e informação, nem se fala. Ficar parado, deixar de ler o jornal um dia, não acessar a rede nem um segundo da semana, não sei não: sua vida pode estar por um fio. Sabe por quê? Você ficará por fora de tudo que possivelmente está acontecendo a sua volta. Devore o que puder: economia, política, tecnologia, mercado, marketing. Não faça distinção. Até mesmo saber do mais bobo seriado que está fazendo sucesso em um determinado canal ou na rede social é fundamental.

Parece estranho, mas é verdade. Estamos cada vez mais conectados e cada vez mais sedentos por informação, mesmo achando que não há necessidade para tanto. O #fato é que não conseguimos absorver a metade do que vemos durante o dia, mas temos que pelo menos passar o olho para não nos sentirmos idiotas diante de uma mesa de almoço, em uma conversa com familiares, filhos ou amigos, pois no mundo de hoje até mesmo a terceira idade já notou que estar conectado é saber que o mundo girar em uma velocidade avassaladora.

Ler e estar ligado à rede mundial, adquirir conhecimento e informação será no ano de 2012 condição sine qua non para dizer aos outros que “sim, sou uma pessoa informada e antenada com os acontecimentos que andam circulando pelo mundo e pelas redes sociais. Estou disposto a aprender, estou aberto para o mundo de hoje e as exigências do mercado.”

Então meus amigos, estejam preparados, pois a real mudança para 2012 está em você. Comece por você. Não fique parado. Não trace limites para seu aprendizado, para seu conhecimento. Não ache dificuldades entre cadeira e teclado. Ops! Agora, entre seus dedos e uma tela touch. Se você acha que seus olhos estão cansados e que fica plugado menos tempo do que deveria, prepare-se! A cada semana novos equipamentos irão surgir e muitas experiências adicionadas a eles. Além é claro, de muita e muita informação. Aconselho também a procurar ajuda com seu oftalmologista, pois vai precisar. Seus olhos ficarão cansados de tanta informação e este especialista está aí para nos auxiliar com as melhores lentes que há no mercado para que você possa enxergar melhor tudo que há na sua tela do iPad, iPhone, tablet, notebook ou desktop.

Não faça de seu iPad apenas um aparelho para dizer aos amigos que comprou em uma viagem de férias para a Flórida com seus filhos ou para Nova York com os amigos. Use-o para melhorar seus conhecimentos. Sem eles o mercado te engole e você emburrasse!
#ficaadica, conhecimento, informação, inovação, criatividade, ideias cada vez mais mirabolantes, empreendedorismo e competição cada vez mais acirrada, muita leitura, será fundamental para fazer com que você permaneça no mercado. Vá a palestras, seminários, congressos, saiba o que está rolando no mundo também além de sua telinha. Eles apresentam cases e muita troca de experiência.

Vou dizer mais: se está trabalhando em uma empresa e ela ainda não entrou na era da web 2.0 e ninguém dentro dela ainda não ouviu falar em marketing digital, transmídia, empresas startup! Iiiiiih, não sei não! Melhor você trocar de empresa, emprego e tratar de se informar rapidinho! Assim como o ano de 2011 voou, irá acontecer o mesmo em 2012. A web 3.0 já está batendo a nossa porta e você está parado aí, lendo o meu artigo com aquela cara de medo e sem saber por onde começar e o que realmente fazer? Mexa-se! Faça logo a sua mudança!  Sem tudo o que te disse o mercado irá lhe engolir e lhe queimar como um dragão.

Feliz 2012! Corra, fulano Corra! Ser fã de Star Wars, Star Trek é legal e Cult, mas, são momentos de lazer em sua vida! Saiba que George Lucas, este homem que tanto admira por ter feito um filme que revolucionou a sua adolescência ou infância é mais antenado do que você. Bem-vindo ao mundo da tecnologia, da transmídia e de tudo que é digital.  Bem-vindo 2012!

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Líder! Está na hora da mudança

        Entrou na empresa, comece a entoar o mantra: “Ser aberto; ser transparente e ser autêntico.” Não é a Plano B que está falando para o líder ser assim, quem está dizendo é Charlene Li em seu mais recente livro “Liderança Aberta”, que acabo de devorar.

      Mas, quantos líderes, gerentes, coordenadores você conhece e que pratica uma liderança aberta? Mais ainda, quantos profissionais de primeira linha você conhece e que são realmente transparentes? Reflita com cuidado e seja justo. Certamente levou um tempinho para se lembrar. Sabe por quê? Resistência! Poder sobre os seus funcionários!

      A resistência é fácil de analisar. O gerente que não pratica este tipo de liderança que já está dominando o mundo corporativo acha que ser aberto é o momento que ele perderá o controle de sua administração, de sua equipe e do trabalho. Tradicionalmente, ter o controle central é a solução. Como assim? Ainda tem gerente que pensa desta forma? Não se espante! A lista é imensa! 

            Com os avanços tecnológicos este tipo de controle tornou-se impossível de administrar e muitas empresas e muitos gerentes ainda não conseguiram enxergar que uma vez navegando pelas mídias e redes sociais a liderança automaticamente será aberta, podendo melhorar a comunicação, a eficiência da equipe e a tomada de decisão.

            Já pensou em ter um gerente assim? Eu tive poucos, quando não tinha ocorrido a explosão das mídias e redes sociais. Hoje, os acompanho e fico orgulhosa de vê-los ainda atuando em grandes empresas seguindo principalmente os instintos e pensando da seguinte forma: se eu for aberto, se for transparente e se minha equipe puder utilizar as mídias e redes sociais, ela certamente estará mais bem informada, estaremos compartilhando informação e conhecimento. Todos nós iremos lucrar.

            Como diz Charlene Li que sou fã ardorosa:

                                     “O conceito de liderança exige uma nova abordagem, nova mentalidade e novas   competências. Não é suficiente ser bom comunicador. É preciso ser firme ao compartilhar perspectivas e sentimentos pessoais para desenvolver relacionamentos próximos. Comentários on-line não podem ser evitados e não devem ser ignorados. Ao contrário, eles devem ser abraçados como oportunidades de aprendizagem. É necessário, portanto, que estejamos abertos tanto para felicitações como para reclamações todos os dias”.[1]

            Realmente é uma nova mentalidade e poucos no Brasil ainda pensam desta forma. Conheço grandes empresas que ainda teimam em permanecer com o antigo modo de liderança e ainda, uma liderança ameaçadora, principalmente quando há avaliações 360˚. Grandes empresas que não deixam seus funcionários acessarem as redes e mídias sociais com medo da perda de poder e do excesso de informação. Empresas que ainda preferem se manter e se sentem “seguros” com a divulgação de comunicados distribuídos pela comunicação interna. Conheci gerentes que chegavam à empresa beijando seus funcionários como forma de um bom dia de trabalho tentando passar uma gestão aberta, transparente, aconchegante, amiga. Mas na hora do vamos ver…

Este tipo de liderança não tem sobrevivência. Muitas empresas já estão provando que não vale a pena. Sei de muitas que já estão colhendo os frutos desta nova forma de se relacionar. São Empresas 2.0. Que já romperam barreiras vive o futuro, uma nova era e não desejam voltar à forma antiga de liderar. Apesar de ser bem mais difícil e mais complicada de se administrar, pois coisas boas e ruins são compartilhadas, este é o melhor jeito de vencer obstáculos junto à equipe. São empresas que respondem o bom e o ruim, que escutam seus funcionários sem distribuir em reuniões olhares e tons ameaçadores.

Saiba que abrir mão do controle é inevitável. Se não tem o caminho das pedras para começar a realizar este trabalho, aconselho reflexão e compre o livro da Charlene Li. Um horizonte irá se abrir para você que é líder de qualquer empresa. Pequena, média ou grande, não importa. O que você realmente deve pensar é que as mídias e redes sociais estão transformando o mundo e acima de tudo isto, nas empresas estão transformando o modo de liderar.

                                                                                          MUDE!


[1] Li, Charlene, “Liderança Aberta” , Editora Évora, pág, 9, 2011

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Renda-se! As mídias sociais vieram para ficar

Abra o olho, pois estamos passando por mudanças rápidas e os cenários estão a cada dia se apresentando de uma forma completamente diferente. Esta mudança nada mais é do que uma característica de nossa sociedade atual.

Se você é gestor e está sentando na cadeira, atolado de metas e não consegue enxergar que as mídias sociais vieram para ficar e ajudar tanto a sua equipe quanto a empresa, está na hora de parar absolutamente tudo e rever todos os seus conceitos. O líder de hoje enfrenta um ambiente cada vez mais competitivo e deve estar preparado para qualquer adversidade. Se não consegue aprender lendo, existem milhares de outros meios para ficar atento, saber das novidades e levar as rápidas mudanças para a empresa e sua equipe com o objetivo de engajar, construir fidelidade com os clientes e alcançar as metas estabelecidas.

Saiba caro leitor, que existem milhares de gestores em grandes empresas que desconhecem esta excelente ferramenta de gestão. Pior, não sabem a diferença entre mídias sociais e rede social. Não se espante! Apesar de estarmos em pleno século XXI e a Internet e a Geração Y estar dominando o mercado de trabalho, muitos líderes ainda vivem na Idade da Pedra, para desespero desta garotada, que domina o quadro de empregados das empresas.

Saiba ainda que há gestor que prefere envolver quase toda a sua equipe em um projeto, com o objetivo de escrevê-lo em um Prêmio, sem se dar conta de que o mundo lá fora está ultrapassando a velocidade da luz.

Conclusão que leva a uma simples equação: gestor e equipe desinformados + empresa sem aumentar a sua performance + baixa criatividade + usando velhas ferramentas de gestão = desastre total no mercado. Esta empresa não consegue reter talento, não avança e nem se destaca no mercado, os empregados ficam cegos para as milhares de novidades que aparecem a cada segundo na web 2.0.

Uma pena! O sorriso e a felicidade por vencer um prêmio, fica registrado para sempre em uma fotografia e vai servir apenas ser inserido em um currículo. Se estiver desinformado com relação às novidades, de nada adiantara o prêmio recebido.

Conheço gestor que não se dá conta da popularidade e da importância das mídias sociais, que se espalha como rastilho de pólvora. Claro que as mídias dentro de uma organização geram uma nova realidade, mas já passou o momento deste gestor se informar e saber que sua equipe precisa participar de palestras, navegar e estudar  tudo o que puder para levar novidades às reuniões e sugerir implantações que, certamente, serão vitais para o sucesso de todos, sem exceção.  Com toda certeza haverá aumento de desempenho, execução de alta qualidade e mais, a empresa poderá estar forte e competitiva globalmente. Não é exagero!

O problema é que as mídias sociais assustam, causam pânico, mas nada que um bom planejamento consiga resolver. Fica aqui a dica para líderes e funcionários de qualquer geração, X ou Y: aproveitem para conhecer melhor o que o mercado está apresentando, conheça as empresas que já desvendaram este “bicho papão”. Estamos em um momento de oportunidade única para engajar, fazer do funcionário um cocriador. Com a implantação das mídias ,acabou a era dos funcionários serviçais, aqueles que cumprimentam e recebem ordens. Estamos passando por momento de compartilhar informações para crescer e vencer.

Mas se você é ainda aquele gestor que não se rendeu, não escuta a sua equipe, está envolvido em vários planejamentos estratégicos, preocupado em fazer reuniões semanais, pensando em prêmios, sem saber das novidades que são apresentadas a cada segundo em palestras, congressos, redes sociais, aí vai uma outra e simples equação:

Gestor desinformado + equipe alienada = não há colaboração, inovação, competitividade e baixo resultado.

O que fazer? Sinceramente tanto você quanto a sua equipe devem ser substituídos mais rápidos do que a velocidade da web 2.0.

 

Tags: , , , , , , , , , ,

O que se espera de um líder?

O Desenrola, do Nós da Comunicação foi até a PUC/RJ perguntar aos jovens estudantes “o que se espera de um líder?”. Como uma ex-aluna da PUC, formada em Comunicação Social, só tenho que elogiar mais uma vez a equipe do Nós por ter ido até lá para fazer esta pergunta. Me vi em cada olhar, em cada palavra dada por estes estudantes.

Hoje, muitos anos depois, senti uma forte saudade daquele olhar leve mais sabendo exatamente o que quer, pois esta Geração Y já sai da universidade sabendo o que quer e querendo liderar. Eu tenho uma visão clara do que posso esperar de um líder.Veja neste vídeo o que eles acham e o que José Alberto Aranha, diretor do Instituto Gênesis da PUC-Rio, instituição que reúne incubadoras de empresas, deu como a sua definição.

 

Tags: , , , , , , ,